vitimastop.png

O Vereador e militante do MBL Fernando Holiday foi assassinado a tiros agora a pouco em São Paulo por dois homens armados. Fernando, que era símbolo LGBT e da luta contra o racismo foi morto enquanto voltava da sede do Movimento Brasil Livre.

Segundo a perícia, dois homens munidos de sub-metralhadoras dispararam contra o carro de Fernando, assim o ferindo com 4 tiros no peito. O Capitão Fernando Inácio, líder do 36° Batalhão de ultra perícia da PM, afirmou que ainda não se pode tirar conclusões precipitadas, mas especula-se que tenham sido milicianos.

Não muito depois, o MBL lançou uma nota em seu Twitter lamentando o ocorrido.

mortinho

Kim Kataguri, coordenador nacional do MBL e também amigo pessoal de Fernando Holiday também se prenunciou:

KIMCOMENTA

holidaydead

Holiday era um símbolo admirado por todas as pessoas negras do país, e sua trajetória política deixa clara que se tratou de um assassinato político. A oposição o mecanismo não aceitaram que um rapaz negro, homossexual e vindo de periferia conseguisse ascensão política e midiática com apenas 21 anos. Holiday saiu da vida como um vereador, e entrou na história como um mártir. Não é a primeira vez que um negro LGBT morre nas mãos do sistema por defender seus ideais, sendo que recentemente teve o caso Mariele Franco, que infelizmente também foi morta pelo mesmo motivo.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Conheça nosso canal no YouTube, o reduto mais glorioso e genial desse patrimônio mesopotâmico chamado CBM: https://youtu.be/_fF8mVtEj8o
Curta também nossa página no facebook: Corrupção Brasileira Memes

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

ATENÇÃO: Essa notícia possui caráter ficcional, com finalidade única de entretenimento. Nada contido aqui deve ser levado enquanto verdade, qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here