Ultimamente no Brasil, as transexuais estão ganhando mais espaço no esporte feminino. Tiffany no vôlei, Fallon Fox no MMA americano, e mais recentemente, um rapaz chamado José Almeida Santos se identificou como Rafaela Carvalho e lutará no MMA feminino brasileiro a partir do ano que vem.

O assunto gerou muita polêmica na internet, com muitos grupos LGBT defendendo a lutadora, e outras pessoas condenando a participação da mesma no MMA feminino.Rafaela deu sua declaração em uma entrevista a uma rádio paulista.

“O preconceito não me atinge. Se não gosta que eu lute no MMA, vai assistir seu futebol então e me deixa quieta”, provoca a lutadora.

Redator: Guilherme Marques

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here