Manifestantes petistas estão confusos sobre o dia 1° de Maio (Dia dos Trabalhadores), tendo em vista que no partido dos trabalhadores ironicamente ninguém trabalha. Diversas pessoas com bonés da CUT estão aflitas neste dia tão especial, afinal não sabem se comemoram ou se continuam suas vidas cotidianas, que não envolve trabalho.

Já na parte da manhã, diversos manifestantes fizeram protestos por todo o país com faixas de “Este dia não me representa”. Murilo Ferreira, que um dos líderes da Manifestação , afirma:

“Este dia é claramente um atentado contra o nosso movimento, batizar um dia como “Dia dos trabalhadores” e excluir a homenagem a nós que não trabalhamos é uma atitude fascista!”

Vale ressaltar que as manifestações ocorreram pois infelizmente andar gritando coisas sem lógica na rua e receber 30 reais por isso, não é considerado um trabalho.

Nossa equipe foi diretamente ao local das manifestações, mas não conseguiu entrar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here