Aproveitando a onda conservadora, o deputado Marco Feliciano (PSC-SP), que estava afastado dos holofotes há um tempo, ressurgiu na mídia graças a um novo projeto de lei bastante polêmico.

O projeto tramita atualmente na Câmara de Deputados e propõe a proibição no Brasil de qualquer tipo de “sexo anal”, seja em filmes adultos, na sua residencia, cinema, DVD, jogos eletrônicos

O texto do Projeto de Lei 8915/2017, de 14 de dezembro, diz que “não será permitido que a programação de TV, cinema, DVD, jogos eletrônicos e de interpretação – RPG, exibições ou apresentações ade “sexo anal”.

O projeto ainda prevê a obrigatoriedade de classificação para filmes adultos, ação democrática que possibilita aos jovens escolher o que irão consumir”.

Nesta terça-feira, 2, o projeto gerou polêmica nas redes sociais e o nome de Marco Feliciano entrou no trending topics de assuntos mais discutidos do Twitter. De um lado, internautas criticam o projeto de lei, que foi bastante mal interpretado; de outro, o defendem.

E você? Qual o seu posicionamento? Também acha que sexo anal deveria ser crime, ou acha que dar um bumbum é um dos pilares da sociedade? Deixe sua opinião a respeito nos comentários




ATENÇÃO: Essa notícia possui caráter ficcional, com finalidade única de entretenimento. Nada contido aqui deve ser levado enquanto verdade, qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.