O ISIS, que se mobilizou para soltar o ex-presidente Lula, teve seus explosivos retidos pela Receita Federal na tarde dessa segunda-feira (19 de abril de 2018).

Segundo a Receita Federal, foram aprendidos 430Kg de explosivos, cinco Toyota Hilux ano 2012 além de munição e armamentos. Todos os bens devem ser liberados após o pagamento das taxas de importação para bens comprados no exterior.

Procurada por nossa equipe, a Receita Federal informou que não é responsabilidade deles barrar a entrada de produtos ilegais no país, mas sim arrecadar dinheiro através de impostos, independente do que está sendo taxado.

O imprevisto pode tornar ainda mais improvável uma ação para a retirada de Lula da cadeira, uma vez que todo o processo de liberação dos itens, é muito burocrático.

A mobilização do ISIS foi feita após o apelo de Gleisi Hoffman para soltar o ex-presidente Lula, que nas palavras dela, seria um preso politico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here