Impressionante descoberta sobre a possível e real paternidade de Aécio Neves

Rumores tem corrido Minas Gerais acerca de revelações feitas recentemente por amiga intima da avó de Aécio, mostram fortes indícios sobre a real paternidade dele, o que justificaria a conduta e envolvimento com drogas ilícitas do político.

O casal protagonista deste “caso de familia” é, pasmem, Inês Maria Neves e Pablo Escobar. O primeiro encontro dos dois teria ocorrido na primeira viajem de Pablo feita ào Brasil. Pablo admirava o movimento de Inconfidência Mineira e foi recebido pelo pai de Inês, que era um médico reconhecido na época e com amigos em comum, em sua fazenda por alguns dias.

Segundo informações vazadas, antes da partida, Inês recebeu um beijo caloroso de despedida, que gerou fofoca na região na época, mas o caso foi abafado.

Fato é que a data da viajem e o nascimento do bebê, possui um intervalo de 9 meses. Há um registro de que ainda com bebê de colo, Inês viajou para encontrar Pablo no Rio de Janeiro, e, segundo informações, teria sido uma tentativa de Inês de “largar tudo” e poder viver junto de seu grande amor, mas ao que parece foi rejeitada por Pablo, sob afirmava de que não seria um pai à altura, devido a influencia que seus negócios poderiam gerar no rebento do casal.

O fato é de que o afastamento de seu verdadeiro pai não foi suficiente para cortar os laços genéticos, que exceto pelos negócios do pai, alguns hábitos se perpetuaram.




ATENÇÃO: Essa notícia possui caráter ficcional, com finalidade única de entretenimento. Nada contido aqui deve ser levado enquanto verdade, qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.