Nessa terça-feira(13), os moradores de uma determinada área rural gaúcha foram surpreendidos com tiros e gritos. Tudo começou quando o Movimento dos trabalhadores rurais Sem Terra montou um acampamento em uma propriedade privada no Rio Grande do Sul. O terreno pertencia a um fazendeiro da área, que ao saber do ocorrido em sua propriedade, alertou o grupo de fazendeiros armamentistas locais chamado Movimento dos Trabalhadores Rurais com Armas.

O grupo se organizou e avançou até o acampamento, com revólveres e espingardas, e os membros do MST rapidamente entenderam a situação e pegaram suas armas de fogo também. Um grande confronto armado aconteceu lá, deixando muitos feridos e em estado grave.

Ainda não sabemos se houve alguma morte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here