veja o vídeo
O estudante do 6º ano do ensino fundamental, que afirma ter sido agredido pelo professor em sala de aula, contou que o educador queria fazer com que ele comesse uma bolinha de papel, em Bom Jesus de Goiás, na região sul de Goiás. O aluno disse que tentou correr, mas foi segurado pelos colegas de classe. Um vídeo mostra o momento em que o aluno é agredido (assista acima).
“Nós estávamos brincando, aí eu taquei uma bolinha de papel em um menino, ele desviou e pegou no quadro. O professor foi e mandou o menino pegar a bolinha e perguntou quem tacou. Os meninos apontaram que tinha sido eu e ele [professor] perguntou o que era para ele fazer: se era para jogar em mim ou fazer eu comer [a bolinha de papel]”.
“Os meninos falaram que era para ele fazer eu comer. Ele pegou e veio. Eu tentei sair correndo e os meninos me seguraram”, disse a vítima em entrevista à TV Anhanguera.
À TV Anhanguera, o educador disse que pretende se posicionar sobre o caso após se reunir com o seu advogado.
A agressão aconteceu na sexta-feira (8)durante a aula de corpo em movimento na turma do 6º ano do ensino fundamental do Colégio Estadual Moisés Santana. Após o ocorrido, a direção da unidade informou que o professor seria demitido, por ter perdido o controle na sala de aula.
O pai do aluno disse que pretende procurar a Polícia Civil para denunciar a agressão que o filho sofreu.
O G1 entrou em contato, por telefone, às 7h35 deste domingo (10), com a delegacia de Bom Jesus de Goiás, mas as ligações não foram atendidas.
O delegado regional de Itumbiara, Ricardo Torres Chueire, informou que a delegacia de Bom Jesus de Goiás estava fechada no sábado (9) e, por isso, não tem como saber se a família procurou a Polícia Civil para registrar a agressão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here