O mestre de edição de vídeo e YouTuber “Di Alves” desmascarou a jornalista Patrícia Lelis, provando que é impossível apresentar o conteúdo por ela apresentado à PGR (procuradoria geral da república), contra Eduardo Bolsonaro.

O YouTuber gravou um vídeo, o qual foi postado no fim do dia 15 de abril mostrando algumas funções do Telegram e explicando porque seria impossível a apresentação de prints na denuncia, “viu, não dá para tirar print ou gravar aqui na tela do chat secreto”, diz o YouTuber ao tentar captar o que havia digitado.

Por suas provas concretas, muito provavelmente a Justiça irá chamá-lo como testemunha, mas por sua vez quem já se adiantou sobre o caso foi Eduardo Bolsonaro que já entrou em contato com Alves para depor se necessário.

Clique aqui para ver o vídeo desmascarado Patrícia

ATENÇÃO: O conteúdo desta “notícia” é totalmente ficcional e não tem intenção nenhuma de informar, apenas entreter.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here