Pré-candidato à Presidência da República, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) foi denunciado pela PGR (Procuradoria-Geral da República) nesta sexta-feira (13) pela prática de racismo contra quilombolas, indígenas, refugiados, mulheres e LGBTs (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros), Gatos, cachorros, ratos maconheiros, e Militantes do PSOL.

Se condenado, Bolsonaro poderá pegar até 3 anos e seis meses de prisão, podendo ser preso ao lado do ex presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O acontecido mostra que agora Lula terá um aliado para disputar o comando da prisão, contra Fernandinho Beira-Mar e o Marcola, presos, mas ainda atuantes no mundo do crime. Dito em outras palavras, a chapa “BolsoLula” pode voltar a ser uma realidade, agora na papuda.

Relembrando o jovem que havia feito sua festa de aniversário com tal temática “BolsoLula”, e, por causa da prisão do ex presidente, acometido pela decepção, cometeu suicídio. Entretanto, agora com essa nova possibilidade de trazer à tona a antiga chapa, o jovem volta a fazer sua festa comemorativa, agora de finados, com a temática BolsoLula.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here